• Facebook: ifsantacatarina
  • Orkut: 103017610
  • Twitter: ifsc
  • Formspring: www.formspring.me/ifsc

time2online Extensions: Simple Video Flash Player Module
Home Ensino Cursos do Campus Jaraguá do Sul
Licenciatura em Ciências da Natureza com Habilitação em Física PDF Imprimir E-mail

Perfil do Curso

O curso de Licenciatura em Ciências da Natureza com habilitação em Física tem a finalidade de formar profissionais com ampla e sólida base teórico-metodológica para a docência na área de Ciências da Natureza e de Física no Ensino Fundamental, no Ensino Médio e na Educação Profissional de nível médio, assim como em espaços não formais, visando atender as necessidades sócio-educacionais em consonância com os preceitos legais e profissionais em vigor, com participação ativa no desenvolvimento de processos pedagógicos, principalmente relacionados com o conhecimento das ciências da natureza e da física.

O curso de licenciatura conta com a seguinte carga horária: 3.400 horas - incluídas 400 horas de prática desde o início do curso, 400 horas de estágio supervisionado a partir do início da segunda metade do curso e 200 horas de atividades acadêmico-científico-culturais ao longo do curso.

Para atingir esta carga horária, além de cumprir a exigência de 200 dias letivos anuais, a duração do curso será de 08 (oito) semestres. O tempo máximo para a integralização do curso será de 08 (oito) anos.

 

Capacitação

Em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais para Formação de Professores, espera-se que ao final do curso os alunos tenham constituído o seguinte perfil:

Capacidade de inserção e atuação crítica na realidade social;

Domínio de abordagens científicas sobre o conhecimento produzido na área;

Capacidade de atuar interdisciplinarmente.

Do licenciado em Ciências da Natureza com habilitação em Física, espera-se uma formação generalista em Ciências da Natureza e uma consistente e abrangente formação em conteúdos dos diversos campos da Física, de acordo com as Diretrizes Curriculares para Cursos de Física, preparação adequada à aplicação pedagógica do conhecimento e experiências de Ciências da Natureza, de Física e de áreas afins na atuação profissional como educador na Educação Básica, no ensino fundamental e no ensino médio, assim como nas diversas modalidades de ensino.

 

Organização Curricular

Grade curricular.

O curso está estruturado em semestres constituídos por núcleos de unidades curriculares integrativas a partir das quais serão estabelecidas as relações entre os saberes específicos e os saberes pedagógicos, assim como a relação teoria-prática. Os núcleos são os seguintes:

 

a) Núcleo comum

O Núcleo Comum constitui-se de Núcleo Básico, Núcleo Instrumental e Núcleo Pedagógico.

O Núcleo Básico compreende unidades curriculares voltadas ao desenvolvimento das competências relativas à docência na área das Ciências da Natureza, englobando saberes de Biologia, Física e Química, articulados na perspectiva de construir uma visão integradora das ciências. Este núcleo tanto constituirá o conjunto de saberes necessários para a atuação no Ensino Fundamental, quanto será a base fundamental para a habilitação específica em física.

O Núcleo Instrumental propõe-se a tratar os saberes de áreas correlatas, tais como Linguagens e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, visando ao desenvolvimento de competências indispensáveis para o exercício da docência e para a compreensão da área de Ciências da Natureza.

O Núcleo Pedagógico compreende os saberes diretamente relacionados à dimensão pedagógica da docência, ao conjunto de conceitos, princípios, métodos, atitudes, valores e outros elementos relativos ao fazer pedagógico propriamente dito. Neste núcleo estão as unidades curriculares que formarão o referencial teórico-metodológico orientado para o contexto social, ao contexto escolar e ao contexto da aula, inter-relacionado à área de Ciências da Natureza.

 

b) Núcleo específico

O Núcleo Específico, por sua vez, abordará os saberes específicos da Física. Neste núcleo serão tratados os saberes considerados estruturantes para o desenvolvimento de competências para a docência, conforme o perfil desejado para o egresso. Conforme a especificidade cada unidade curricular abordará os saberes no sentido de sistematizar:

As bases científicas e tecnológicas;

As bases epistemológicas;

A relação ciência, tecnologia e sociedade;

A dimensão histórica da ciência;

A articulação dos conhecimentos com a realidade;

Os processos de transposição didática.

Além das unidades curriculares previstas no Núcleo Comum e no Núcleo Específico, descritos anteriormente, quando necessário, serão oferecidas unidades de complementação e consolidação dos saberes lingüísticos, matemáticos, das ciências naturais e das humanidades, por meio de programas ou ações especiais, em módulos ou etapas concomitantes à realização das unidades previstas na matriz curricular.

 

c) O núcleo de prática profissional

A Prática Profissional apresenta-se, no curso, na forma de Prática Pedagógica como Componente Curricular, Estágio Curricular Supervisionado e Atividades Acadêmico-científico-Culturais, constituindo-se por um conjunto de atividades voltadas à articulação entre o saber, o saber fazer e o saber ser em espaços e situações reais da docência.

Por meio da Prática Profissional serão asseguradas aos alunos condições para:

Gradativa apropriação dos saberes articulados aos contextos reais da docência;

O exercício da pesquisa;

A iniciação profissional mediante intervenções pedagógicas planejadas e acompanhadas junto às escolas e outras espaços educativos;

O planejamento e desenvolvimento progressivo do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC).

Prática pedagógica como componente curricular: 400 horas

A prática pedagógica como componente curricular será desenvolvida ao longo de todo o curso por meio de atividades que promovam a ação-reflexão-ação, a partir de situações-problemas próprias do contexto real de atuação do professor.

As práticas serão realizadas, especialmente, mediante aproximações com os espaços educativos formais e não formais e, quando não prescindirem de observação e ação direta, poderão acontecer por meio das tecnologias da informação e da comunicação, narrativas orais e escritas de professores, produções de alunos, situações simuladoras e estudo de casos.

Estas atividades serão contempladas, especialmente, nos Projetos Integradores, previstos no primeiro, segundo, terceiro e quarto semestre do curso, e estarão presentes, também, em Unidades Curriculares desenvolvidas em laboratórios e em espaços educacionais reais. Serão denominadas Prática Pedagógica como Componente Curricular e serão devidamente explicitadas nas Unidades Curriculares ao longo do curso.

Estágio curricular supervisionado: 400 horas

O estágio curricular supervisionado é entendido como o tempo de aprendizagem que acontecerá em um período de permanência nos espaços de atuação docente para apreender o real em movimento. Assim, o estágio supõe uma relação pedagógica entre alguém que já é profissional e um aluno estagiário em um ambiente real de trabalho.

Este é um momento especial onde efetivamente o aluno articulará os saberes que vem sendo constituídos ao longo do curso: o saber, o saber fazer e o saber ser, tendo em vista o desenvolvimento das competências.

O estágio acontecerá em duas etapas:

Estágio de observação – o licenciando vivenciará situações reais na condição de observador, na perspectiva de apropriar-se de elementos para construir um projeto de pesquisa e intervenção pedagógica.

Estágio de docência compartilhada – o licenciando realizará seu projeto de intervenção pedagógica, assumindo a regência de atividades pedagógicas, in loco, sob a responsabilidade e com o acompanhamento de profissional já habilitado.

Para consolidar o percurso realizado no estágio o licenciando realizará o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Na primeira etapa do estágio, ele elabora o projeto e na etapa de docência compartilhada ele desenvolverá o projeto conforme seus propósitos de pesquisa e de intervenção pedagógica, buscando articular a diversidade dos aspectos de sua formação. Este trabalho será individual e devidamente orientado por um professor do curso, além de compartilhado com o/s professor/es e outros profissionais do local onde acontece o estágio.

Ao final do curso, além de apresentar o TCC por escrito, o aluno fará a comunicação oral e a defesa perante uma Banca Examinadora composta por professores do curso, dentre eles o professor orientador, podendo contar com um professor de outra instituição. Para a construção e realização do TCC, desde o projeto até sua apresentação final incluindo os critérios de avaliação, o aluno observará orientações elaboradas pelo Colegiado do Curso, com base em diretrizes do CEFET-SC.

Atividades Acadêmico-Científico-Culturais - 200 Horas

Compreende atividades complementares, conforme previsto no inciso IV da Resolução 2/2002, que deverão ser desenvolvidas pelos licenciandos ao longo de sua formação, por escolhas de acordo com seus interesses e aptidões.

Caracterizam-se como atividades acadêmico-científico-culturais: participação em eventos tais como encontros, simpósios, seminários, conferências, jornadas culturais, debates e sessões artístico-culturais voltados a assuntos relativos ao curso; participação em espaços públicos: feiras de ciências, mostras culturais; desenvolvimento de iniciação científica, projetos de extensão ou atividades curriculares de integração ensino, pesquisa e extensão; visitas programadas; monitoria; estágios em espaços educacionais formais e não formais; realização de cursos extra-curriculares; pré-licenciatura.

O aluno registrará estas atividades, conforme orientações estabelecidas pelo Colegiado do Curso, para ser apreciado por Comissão indicada pelo mesmo. O aluno registrará estas atividades em portfólio para ser apreciado por comissão constituída por professores do Curso. Uma vez reconhecidos o mérito, o aproveitamento e a carga horária, as atividades serão validadas para compor a carga horária prevista e devidamente registradas no histórico acadêmico.

 

Infra-estrutura

Laboratórios, Salas de aula e de Multimídias.

 

Volta as alulas

Nome:
Email:
Cidade:
Telefone:
Mensagem:
Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.